Pés da cama: bancos no quarto são perfeitos para rematar a decoração!

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

Pés da cama: bancos no quarto são perfeitos para rematar a decoração!

Sílvia Cardoso—homify Sílvia Cardoso—homify
Modern style bedroom by Onstudio Lda Modern
Loading admin actions …

Já terá, por certo, reparado que, em muitos quartos, as camas têm um banco aos pés. Havendo espaço para tal, é a forma perfeita para rematar a decoração e, ao mesmo tempo, tornar o ambiente mais funcional, visto que o banco—ou a banqueta—pode conter um espaço de arrumação e/ou servir como apoio para pousar roupas e para nos sentarmos a calçar ou a descalçar os sapatos. Na verdade, podem-lhe ser dados diferentes usos.

No entanto, escolher um banco para os pés da cama não é assim tão simples, sobretudo no que diz respeito ao tamanho e às proporções. Já no que toca ao estilo, não há uma regra de ouro. Pode-se optar por escolher um banco que se harmonize com o estilo do quarto e da cama, em particular, ou, por outro lado, favorecer um modelo que gere um contraste interessante.

Hoje, debruçamo-nos sobre este tema e deixamos-lhe algumas sugestões para escolher o banco ideal para os pés da sua cama. Se ainda não tem um e se o seu quarto é espaçoso, garantimos-lhe que esta é a peça que falta para elevar a decoração.

1. Um banco de tamanho generoso num quarto muito confortável

Começamos por um quarto aconchegante para o qual se escolheu um banco cujo assento, forrado com um tecido com padrão pied-de-poule, dialoga com o estilo moderno e sóbrio do ambiente. O banco tem um assento generoso, mas é ligeiramente mais baixo e estreito do que a cama. Os bancos não devem, por norma, ser mais altos do que os pés das camas. Invista num banco um pouco mais baixo ou da mesma altura.

2. Linhas depuradas num quarto elegante

Eis uma solução refinada e prática. O banco acompanha a largura da cama e vai ao encontro das linhas depuradas e dos tons neutros que caracterizam o quarto. Há, no entanto, um detalhe que torna este banco especialmente original: ser almofadado só de um dos lados. Ter um lado desimpedido proporciona versatilidade à peça e evita que se as almofadas se desgastem.

3. Com arrumação

Os bancos com espaço de arrumação no interior são uma excelente opção, nomeadamente para casas pequenas. Num quarto, podem ser usados para arrumar os têxteis da cama, aquela manta extra para os dias mais frios, as roupas que estejam fora de estação, o calçado, as bolsas, e assim por diante. Tudo depende das necessidades de cada um. Com um banco deste género, ganha mais um espaço de arrumação que, ainda por cima, fica totalmente camuflado e, claro está, ajuda a manter o ambiente visualmente limpo.

4. Um banco colorido

O banco pode ser uma boa oportunidade para se criar um ponto focal no quarto. Para um espaço onde preponderem os tons neutros, pode-se escolher um banco com uma cor contrastante e fresca, à semelhança da do banco deste quarto. É, porém, aconselhável que essa cor apareça num outro detalhe do espaço para a decoração ser mais coesa. Neste caso, o verde repete-se no debruado dos têxteis da cama e nos pés dos candeeiros.

5. Com costas

E se, em vez de um banco, optar por um pequeno sofá? É uma solução igualmente válida, mas que depende fortemente do tipo de cama. Na suíte da imagem acima, o sofá resulta porque o quarto incorpora uma cama de dossel com estrutura metálica feita à medida pela designer responsável pelo projecto. Diríamos que esta escolha se adequa a um quarto com uma cama robusta e imponente, sob pena de as proporções não funcionarem.

6. Dois em vez de um

E para que não lhe faltem ideias, não podíamos deixar de incluir este projecto que nos mostra que dois bancos funcionam tão bem quanto um. As regras são as mesmas: os dois bancos, em conjunto, não devem exceder a largura e a altura da cama. Os bancos deste quarto, com estrutura metálica, adequam-se a uma decoração moderna e sofisticada.

7. Para um quarto rústico

Terminamos com uma proposta a pensar nos nossos leitores que se identificam o estilo rústico e com uma estética mais despojada e cosy. O banco aos pés da cama em madeira tosca é uma peça central neste quarto. Como a cama não tem cabeceira—pelo menos, à vista—o banco não sobrecarrega o espaço.

Modern houses by Casas inHAUS Modern

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!